Escolha uma Página

Eu encontrei quando não quis
Mais procurar o meu amor
E quanto levou foi pr’eu merecer
Antes um mês e eu já não sei
E até quem me vê lendo o jornal
Na fila do pão, sabe que eu te encontrei
E ninguém dirá que é tarde demais
Que é tão diferente assim
Do nosso amor a gente é que sabe, pequena
Ah vai!
Me diz o que é o sufoco que eu te mostro alguém
Afim de te acompanhar
E se o caso for de ir à praia eu levo essa casa numa sacola
Eu encontrei e quis duvidar
Tanto clichê deve não ser
Você me falou pr’eu não me preocupar
Ter fé e ver coragem no amor
Ah vai, me diz o que é o sossego
Que eu te mostro alguém afim de te acompanhar
E se o tempo for te levar
Eu sigo essa hora e pego carona pra te acompanhar

Hoje começo a escrever meu primeiro Romance, ( que na verdade vai ser o último), estou rumo ao Prêmio Açorianos 2011 nesta categoria. Então pensei comigo, eu que sempre fui viciada em crônicas, agora fui desafiada, cutucada, provocada e convocada a escrever uma história de amor. Fechei meus olhos pra tentar encontrar inspiração…Amor eu gosto de escrever em primeira pessoa. São 80 laudas, que em breve vou disponibilizar pra quem quiser por e-mail, aí é só me pedir. Meu primeiro Romance .. Essa é a história  de duas pessoas, que um dia se apaixonaram e desafiaram o mundo em nome daquilo que chamaram de “amor incondicional”. É a história de duas pessoas que se apaixonaram antes mesmo de se conhecer, através de um mundo virtual onde suas almas alcançaram o infinito. E no seu primeiro encontro,  um sentiu o coração acelerado do outro, e o que era pra ser um adeus, selado com um beijo, foi o inicio da história de amor. História de duas pessoas que se amaram muito, e que vão se amar pra sempre, porque descobriram que o amor independe de um relacionamento pra viver dentro de seus corações… De duas pessoas que acreditavam em sonhos, que fizeram o seu melhor, e por se amarem demais…
Fortes emoções vem aí… E aceito sugestões para o fim deste romance. Tenho alguns dias para finaliza-lo. =)

>