fbpx
Escolha uma Página

Oi, amados!

Muitas pessoas me perguntam o que significa o mantra “Om”, muito conhecido como símbolo da Yoga, visto por aí em vários lugares, de onde ele surgiu e como usa-lo corretamente.
Então antes de explicar o significado do mantra Om, eu vou falar sobre o que é Mantra, para que você possa entender um pouco melhor e usa-lo com sabedoria, espero que vocês gostem desse post, após essa leitura deixe um comentário para que eu possa saber se você gostou e assim fazer mais posts como esse.

O que é Mantra?

O termo “Mantra” vem do sânscrito (idiota antigo da Índia), onde Man significa mente, e Tra quer dizer entrega, controle, proteção, ou seja, o instrumento para conduzir a mente.
“aquilo que, enquanto objeto de meditação, traz a libertação”.
O mantra está ligado ao Hinduísmo e ao Budismo também. É como se fosse um tipo, uma emanação, uma oração que repetida várias vezes e com concentração e intenção, tem o poder através do som, do canto, da escuta e da emanação, de relaxar, curar, levar ao estado meditativo e acalmar a mente, e expandir a consciência. Eu diria que mantras são sons de poder, que nos trazem para o momento agora. Além de exercitar nossa mente, nos traz para o momento agora que é onde devemos sempre estar, nos ajuda a limpar pensamentos negativos e nos conectar com a mente de Deus.
Quem canta um mantra, sente-se em estado de relaxamento e paz interior, e se conecta ao seu Eu Superior.

Muitos têm dificuldade de compreender o que é mantra por desconhecer a sua origem. Eles estão nos livros Veda, que são a “bíblia” do hinduísmo, e todo os textos, assim como os mantras, estão em sânscrito. E como é de se imaginar, é uma língua muito diferente da nossa. Mas alguns estudiosos já concluíram que não é preciso saber o significado de cada uma das palavras para obter os benefícios dos mantras.

Quais os benefícios dos mantras?

Já sabemos que os sons tem muito poder, aquilo que ouvimos vibra em nossas células, e aquilo que vibramos determina nosso estado emocional, mental e espiritual. Por isso ouvir e cantar mantras é muito benéfico para a saúde, pois ajudam a acalmar a mente e os pensamentos, trazendo mais leveza, concentração, disposição para o dia a dia, entusiasmos, melhora a atenção para a realização de atividades, acelera a capacidade de processamento mental,e melhora como um todo o campo emocional e espiritual te conectando a uma energia mais elevada.

Os mantras possuem uma milenar tradição na Índia e na China, onde foram estudados e aplicados por antigos mestres e sábios.Na China, por exemplo, o grau de longevidade da população está diretamente relacionada ao estilo de vida, que se concentra na alimentação saudável, exercícios físicos e a meditação. A vibração sonora ou ultra-sonora agem diretamente em nossas células, e ajudam nossa mente a se libertar de pensamentos e ideias que possam alimentar a ansiedade,o medo e o estresse.

Além disso, os mantras também são capazes de revitalizar o coração reduzindo o risco de doenças cardíacas. E também melhorar a respiração, estimular a produção de serotonina e endorfinas que são substâncias que nos proporcionam sensação de bem-estar e aumentar a imunidade. Ou seja, praticar mantras diariamente, se possível em vários momentos do dia, irá trazer diversos benefícios espirituais e corporais.
Você pode criar mantras pessoais que através da repetição com intenção e concentração, se tornam uma ferramenta incrível para tramitar comportamentos indesejáveis .

Os mantras agem diretamente sobre o plano inconsciente, que por sua vez direciona determinadas frequências. Os efeitos fisiológicos se manifestam internamente sobre o sistema límbico cerebral, através de ondas, chegando a vibrar as células, órgãos e glândulas importantes do nosso organismo, como a glândula pinhal, pituitária e tireóide.
A livre circulação energética pode afetar positivamente e ao mesmo tempo, vários sistemas internos, como o respiratório, digestivo, muscular, cardíaco e endócrino. Existem mantras específicos para cada função e cada sistema, já que seu objetivo é realizar esta conexão harmônica entre a mente, o corpo, as emoções e o espirito.

Mas afinal, O que é o Mantra OM?

De todos os mantras, o mantra “Om” ou “aum”, é o mais importante de todos, pois nele contém o conhecimento de todos os Vedas( bíblia híndu) e é o corpo sonoro do Absoluto, Shabda Brahma ( Deus).
O Om é o primeiro som existente,é o som do infinito,o som do ínicio de tudo, e a semente da qual nascem todos os outros mantras.É o símbolo da energia vital positiva. Por isso que, quando harmonioso, leva equilíbrio para dentro das pessoas.

A Mandúkya Upanishad diz que “O Om é o mundo inteiro. O passado, o presente, o futuro: tudo é o mantra Om“.
Nas Escrituras está escrito que o mantra Om amplifica-se na caixa de ressonância do primeiro vazio e se propagou até criar o espaço e todas as galáxias.Para o Taittiriya Brahmana, foi a partir da vibração, do movimento que criou-se os primeiros ritmos no cosmos. Alguns milênios depois, o professor Fred Hoyle, da Universidade de Cambridge, chamou essa vibração expansiva de Big Bang.
Nas Escrituras está escrito que o mantra OM aumenta na intensidade e é capaz de atingir uma vibração em toda e qualquer galáxia. A partir da vibração, do movimento que nasceu os ritmos da vida. OOm ou Aum é o mantra mais importante do hinduísmo e outras religiões.
OM é um dos mantras mais ancestral da terra e que, quando entoado, mesmo que de formas diferentes (cantado alto ou apenas em pensamento), tem como objetivo abrir a mente e proporcionar positividade, transmutação, paz interior e luz.

O mantra OM é capaz de ajudar de muitas formas diferentes. Para cada pensamento, dito em voz alta pode atribuir cura ao corpo (emita o som “Aum” e fique 2/3 do tempo com a boca fechada, mantendo o som). E em tom mais baixo, usados para trazer benefícios incríveis para o cérebro. Por fim, repetir apenas em pensamento pode contribuir para o lado emocional. Experimente ouvir algumas vezes antes de repetir, em qualquer que seja o processo.

O lugar dos mantras é paramákásha: o espaço que existiu primeiro, o que é eterno, o que é imutável, o Universo do qual se manifestou a criação.Quem não conhece a afirmação do Evangelho segundo São João: “no início era o Verbo”. E o Verbo foi o Big Bang.Om é formado pela união das vogais a e u, ou seja, um ditongo, junto com a nasalização que é sentida pela letra m. Por tal motivo, muitas vezes é escrito AUM. Nestas três letras estão os três estados de consciência, segundo a Maitrí Upanishad, que são a vigília, o sono e o sonho.

O pranava – o mantra Om – é a joia principal entre os outros mantras;
o pranava é a ponte para atingir os outros mantras;
todos os mantras recebem seu poder do pranava;
a natureza do pranava é o Shabda Brahman (o Absoluto).
Escutar o mantra Om é como escutar o próprio Brahma, o Absoluto.
Pronunciar o mantra Om é como transportar-se à residência do Absoluto.
A visão do mantra Om é como a visão da própria forma.
A contemplação do mantra Om é como atingir a forma do Absoluto.
Mantra Yoga Samhitá, 73.
Om é a vibração que emana o abismo inicial da criação. Om é a flecha. O traço de luz que é lançado pelo arco da consciência, atravessando as trevas em que se esconde a ignorância, em direção ao alvo: o Imanifesto!

Na Índia, o mantra Om é visto por todas as partes: casas, comércios, em muros e carros. Ou seja, é onipresente na paisagem cotidiana. Para os Hindus, de todas as etnias e castas, o significado do símbolo é perfeitamente reconhecido. Ecoa em todos os templos e comunicadas na extensão do subcontinente.
Formas de vocalização
Para entoarmos o mantra é necessário estar sintonizado com espaço interno que existe em nós, onde o som irá vibrar, chegando a origem da vibração interna. Shúnya é o nada, o vazio, o espaço interior.
A explosão: entoar o Om forte, como num único golpe, várias vezes a cada expiração. Essa explosão é como um flash, e é uma das maneiras mais fortes de vocalizar.

1. O Om também pode ser vocalizado de forma contínua, rapidamente, muitas vezes a cada exalação. ( Ôm ôm ôm)
2. Pode entoá-lo com rapidez, durante uma só exalação, tantas vezes quanto for possível.
3. Om contínuo, com a letra o bem curta, e o m bem longo: Ooommmmmmmm.
4. Om contínuo, com a letra o bem longa, e o m bem curto: Ooooooooooommm.

Em cada pessoa o Om é trabalhado de uma maneira diferente, por isso não é aconselhável falar de apenas um tipo de efeito. É necessário que se tenha plena consciência e controle da respiração. Foque sua atenção para a vibração que o som produz dentro de sua mente. A execução pode ser mais fácil, quando feita em um volume mais suave. Mantenha o seu corpo imóvel durante a prática.

Não existe forma errada de se entoar o mantra Om, desde que se tenha consciência e intenções dirigidas, além de conhecer o significado desse mantra. No entanto, existe uma diferença enorme quando se leva em conta os detalhes técnicos, transformando os efeitos e resultados do mantra. Quando se faz o mantra sem a técnica correta, não existe perigo na vocalização, a diferença está no resultado, que pode ser vazio ou muito inferior ao que poderia ser.
Após emitir o mantra, chega-se a uma inspiração nasal longa e silenciosa, na qual deve continuar entoando o Om, só que mentalmente. Isto é importante para não interromper o mantra. Assim, termina-se com uma sucessão contínua de mantras verbalizados e mentais que levam a completa absorção do pensamento. Permita que o mantra respire sua voz, sua garganta, sua cabeça, seus pulmões e pensamentos.

Deixe-se ser respirado pelo mantra, ao invés de apenas inspirar o ar. Foque sua atenção para o silêncio da inspiração e em como você nota a vibração do mantra neste momento.  O som de um mantra é muito mais que apenas um eco mental que ocorre quando uma palavra é repetida um milhão de vezes. O som do mantra é uma arma transformadora.

Sintonize-se com o Universo.

A prática de emanar mantras no nosso dia a dia, gera efeitos imediatos e incríveis sobre o nosso corpo, emoções e mente. Devemos lembrar que o significado específico de um mantra ou o seu conhecimento especializado em línguas estrangeiras não são tão importantes quanto a singela eficácia de sua vibração prática.Ou seja, concentre-se, coloque toda a sua atenção e energia, e emane o seu mantra com amor,sintonizando a sua vibração com as mais altas emanações do Universo.

Mantra de Ganesha – Removedor de Obstáculos:

O mantra Ganesha é conhecido por ativar a mente e vários chakras do corpo, contribuindo para uma melhor circulação sanguínea e para o aumento do nosso metabolismo.
Diz-se que, antes de abrirmos portas a um novo negócio, devemos cantar o Mantra Ganesha pois ele é o portador do sucesso, prosperidade e boa sorte. Cantar o Mantra Ganesha traz também paz, já que remove todos os inimigos e obstáculos do nosso caminho. Ajuda-nos a concentrar e a manter o foco. Traz clareza às nossas vidas. Também é dito que se cantares o Mantra Ganesha 1008 vezes, ele remove o medo do teu coração.

Om Gam Ganapataye Namaha Sharanam Ganesha

De sânscrito, o Ganesh Mantra é comumente traduzido como:

“Deus Ganesha, filho do Deus Shiva, removedor de obstáculos que guardam a entrada para os reinos iluminados. A suas bênçãos são essenciais para um bom começo.”

Como em qualquer meditação, o ideal é que cantes este mantra quando estiveres sozinho, num local tranquilo, onde dificilmente serás interrompido ou perturbado. Deves estar confortável e relaxado enquanto falas. Pratica este mantra de forma consistente.

Namastê!

Beta Lotti

>