fbpx
Escolha uma Página

Oi, meus amados!

Hoje quis falar sobre um mantra mágico, capaz de transmutar energias e curar nossas almas: “Eu te amo”.

“Eu te amo”, três palavrinhas que tem o poder de mudar vidas. De fazer pipocar dentro da gente emoções inimagináveis, de estampar um sorriso em um rosto, de fazer nascer borboletas no estômago.

“Eu te amo”, a frase mais poderosa de cura que eu conheço. A única arma capaz de vencer qualquer guerra. A energia mais poderosa de todo o Universo, aquela que rompe correntes, quebra bloqueios, e faz tudo prosperar, crescer, renascer.

Fui educada desde a infância a dizer “Eu te amo”. Eu falo diariamente e com naturalidade “Eu te amo” a todas as pessoas que eu amo, mesmo para aquelas que não conseguem ainda dizer “ Eu também”. ( O que está tudo bem!)

Hoje eu sei o poder que isso ressoa dentro de nós. É a fonte do amor divino fluindo através de um mantra que tem o poder nos ligar diretamente ao coração uns dos outros. É sincero, puro, incondicional.

Digo “Eu te amo” como quem diz,  “Eu vejo a ligação divina que há entre nós, e o que eu sinto ultrapassa os erros e os acertos.”

Eu te amo diz, eu vejo Deus em você, eu sinto Deus em você, eu ouço Deus através de Você, eu estou conectado a você.

Gratidão mãe e pai. Vocês me educaram para o amor. Hoje eu entendo perfeitamente que “Eu te amo” salva vidas, reconstrói corações quebrados. Sela a paz entre nos homens.  Destrói muros de gelo e frieza. Vai muito além do que possamos imaginar. Aquece corações solitários.

O “Eu te amo” pode mudar uma história, uma vida, uma decisão.  Essa frase mágica tão usada no Ho’oponopono como um mantra de cura, tem o poder de tocar nossa alma, de elevar nossos espíritos. É a forma mais simples de se comunicar com Deus. É a forma mais rápida de dizer tudo que se quer dizer sem evasivas a alguém: Eu te amo.

Claro que há aqueles que não acreditam, que ainda tem medo do amor Universal, que acham até que é fake dizer “Eu te amo” a qualquer pessoa, como se “eu te amo” fosse algo tão precioso que não se pudesse ser compartilhado.  Tá aí o erro, “Eu te amo” não foi feito pra ser guardado, pra selecionar quem deve ou não receber. Já dizia o maior mestre da Humanidade: Amai-vos como eu vos amei.

Então, apenas deixe fluir o amor que está aí dentro. Mande uma mensagem para alguém dizendo apenas: “Eu te amo”.

Diga para os seus filhos todos os dias, ao amanhecer, ao anoitecer, diga para os seus pais, para os seus amigos, diga para o seu amor, diga a si mesmo.

Só não deixe ser tarde demais pra dizer… o quanto se ama. Pois “Eu te amo” pode mudar toda uma história, uma vida. 

Não sei se é  o medo que impede alguém de dizer, ou se acham que não merecem ser amados, ou que não querem se envolver com tal profundidade emocional. Ouvir “eu te amo” pode ser constrangedor para algumas pessoas. Mas dizer “eu te amo”, honestamente, é liberta-dor. 

Libertar o fluxo de amor divino, deixar esse amor fluir naturalmente, cura a nossa alma. Salva vidas. Eleva a energia. Abraça almas. Aquece corações. Transmite segurança. Protege de todo o mal. E nos une profundamente uns aos outros. Então se ninguém te disse hoje, eu te digo: EU TE AMO!

Com amor,

Beta Lotti

>