fbpx
Escolha uma Página

A energia do perdão é libertadora! Se observarmos a palavra, ela pode nos remeter a algo que “perpassa” a dor e nos leva a “doar” sobretudo o amor! Quem perdoa, exerce o amor a si mesmo e com esse nobre gesto consegue reverberar essa energia curativa e ainda principalmente liberta a sua alma das amarras que o sofrimento traz a um espírito.

Carregar dores e mágoas só trazem mais aprisionamentos. Para reverter essa situação e sair deste lugar, a pessoa precisa ter muita determinação e força de vontade! E também, quando não consegue por si só, é salutar pedir ajuda e auxílio! Estamos todos interconectados e a dor de um irmão invariavelmente de alguma maneira vai ressoar em alguém em alguma esfera na humanidade.

Ensinamentos do mestre

Se observarmos até na bíblia, a energia do perdão é destacada. Jesus nos ensinou: “Perdoe setenta vezes sete”. Na realidade, a fala é uma metáfora, visto que o sete é um número relacionado à perfeição.

Ho’oponopono

Uma das técnicas que ficou mundialmente conhecida e que atua com a cura por meio dessa energia é o Ho’oponopono. Trata-se de um dos conhecimentos da Kahuna, a antiga tradição xamânica do Havaí e consiste em um método de resolução de problemas pessoais e conflitos interpessoais. O objetivo do Ho’oponopono é curar os relacionamentos em muitos níveis: com você mesmo, com as outras pessoas, com o ambiente (a natureza) e com a origem de todas as coisas.

O ponto principal do Ho’oponopono é um ritual do perdão. Aceitando, absolvendo, perdoando e reconciliando, o Ho’oponopono ajuda-nos em três grandes áreas de conflitos: relacionamentos, parcerias e família; profissão, vocação e provisão; e ativação dos poderes de autocura.

A fórmula da paz

O ho’oponopono se tornou muito conhecido a partir do trabalho que o Dr. Ihaleakala Hew Len, aluno de Morrnah Nalamaku Simeona, curou, na década de 1980, criminosos condenados e portadores de doenças mentais usando as quatro palavras mágicas: Eu sinto muito, me perdoe, eu te amo, sou grato. Essa técnica poderosa tem o objetivo de resolver rapidamente os conflitos e recuperar o equilíbrio interior, ou seja, auxiliar a pessoa a afastar-se da separação e reaproximar-se do centro e consequentemente da cura!

O sentido da palavra

Dependendo do contexto, ho’o pode significar “fazer, organizar ou construir algo”. Também dependendo da contextualização, a palavra “pono” pode ser traduzida como “correto”, “flexível” ou até “compaixão”. O vocábulo ho’oponopono pode ser traduzido literalmente como “fazer as coisas corretamente”, tornar a endireitar as coisas ou restaurar a ordem divina! Lindo esse movimento, não é mesmo?

Na realidade, a ideia por trás da palavra é que todas as coisas fluem a partir de uma origem ou fonte (havaiano: ke akua oi’a ‘io), cuja essência, mana aloha, é puro amor. Para os havaianos de antigamente, a vida era um grande rio (havaiano: wai wai) de riqueza material e espiritual para o qual precisamos apenas nos voltar ou nos abrir mental e espiritualmente. A própria vida é riqueza e a pessoa que vive em harmonia consigo mesma e com o cosmos é capaz de viver com felicidade, saúde e prosperidade.

Curiosidade

A palavra pono aparece duas vezes, porque sempre são necessárias duas pessoas – tanto para um relacionamento harmonioso em que todos os envolvidos possam crescer juntos quanto para o conflito, que é exaustivo. Para que uma relação seja equilibrada desde a sua base, a solução de quaisquer problemas deve ser ‘pono’ para todos os envolvidos: correta para você e correta para mim.

E isso também se estende ao se correlacionar seres humanos e animais; plantas e a Terra. O único objetivo desse método de cura dos conflitos em todos os níveis é chegar a uma interação em que todos saiam ganhando.

Perfeição

Ponopono – ordem perfeita por dentro e por fora é um conceito baseado no princípio cósmico das ressonâncias (havaiano: kuolo). Isso quer dizer, por exemplo, que a poluição ambiental ressoará dentro de você na forma de poluição do coração. Nesse sentido, pode-se afirmar que tudo é criado duas vezes – primeiro em nossa imaginação e depois em um nível material.

Causa e efeito

Vale destacar também que, quando nossos pensamentos e intenções são amorosos, compassivos e pacíficos, o resultado será agradável. Assim, como todas as outras coisas no universo, ponopono obedece à lei fundamental de causa e efeito: ka ua mea. Tudo o que fazemos ou deixamos de fazer tem uma consequência. As circunstâncias da nossa vida não existem por coincidência: resultam dos nossos pensamentos, das decisões que tomamos em razão desses pensamentos e fundamentalmente de nossas ações conscientes e inconscientes. Faz toda a diferença você encorajar ou desencorajar uma pessoa com seus comentários, pensar bem ou mal de alguém, praticar esportes ou não, comprar produtos sustentáveis ou ainda não pensar nas consequências do seu consumo.

Como seres dotados de livre-arbítrio e do potencial de criar, tudo o que fazemos é um voto a nosso favor ou contrário a nós ou ao mundo. Colheremos hoje o que plantamos ontem e o mesmo vale para amanhã.

Em busca de harmonia

Essa lei de causa e efeito traz em si uma incrível oportunidade para que a humanidade cure a natureza e promova a paz mundial. Mas essa paz e esse movimento começa em um lugar muito especial: dentro do coração. É a partir do quarto chakra, que emanamos a maior força curativa! Propague essa energia a você e ao universo e verá uma grande transformação em sua vida! Namastê!

>